"A batalha que a gente não escolheu"

Eu sou apaixonada por fotografia há muito tempo. Sempre procuro novos fotógrafos, projetos e séres feitos por fotógrafos que me inspirem... nessa busca, acabei encontrando este.
Este é um post especial, e eu espero que você o entenda, e abra o seu coração e a sua sensibilidade para conhecer essa história.

Se você já perdeu alguém para o câncer, ou conhece alguém próximo que perdeu, você sabe como é difícil. Como é difícil em vários níveis diferentes, e o que mais dói é com certeza saber que você não pode fazer nada para pará-lo. Mas você pode fazer que os últimos dias/meses/anos sejam os melhores. E para Jennifer e Angelo, foi mais ou menos assim.

Ele começa a explicar a série em seu site, com a seguinte frase:
A primeira vez que eu vi Jennifer, eu soube. Eu soube que ela era a única. Eu sabia que, assim como meu pai quando ele cantava para suas irmãs, no inverno de 1951 depois de conhecer minha mãe, pela primeira vez, "Eu a encontrei."

Depois de mais ou menos 1 ano e meio casados, Jen foi diagnosticada com câncer de mama; "Eu me lembro exatamente do momento.. A voz de Jen e a sensação de dormência que me envolveu. Esse sentimento nunca me deixou. Eu também nunca vou esquecer de como nos olhamos nos olhos um do outro, e seguramos as mãos. Estamos juntos, vai ficar tudo bem."

Eles tinham o apoio da família e amigos durante a batalha, mas ainda era difícil para Angelo explicar as pessoas o que eles viviam diariamente. Jen estava com dor crônica depois de 4 anos de tratamento. E aos 39 anos, eram comuns visitas médicas, hospitalizações de 10 dias ou mais eram comuns. Medo, ansiedade e preocupações eram constantes.

Como eu disse, se você conhece alguém que já passou por isso, você entende. É uma realidade que ninguém quer aceitar, conversar sobre, ou nada do tipo, outros falam como tudo vai ficar melhor, e com os tratamentos a vida volta ao "normal". Mas não é bem assim.

"As minhas fotografias mostram esta vida diária. Elas humanizam o câncer, no rosto da minha esposa. Eles mostram o desafio, dificuldade, medo, tristeza e solidão que nós enfrentamos, que Jennifer enfrentou, como ela lutou contra esta doença. O mais importante de tudo, elas mostram o nosso amor. Estas fotografias não nos definem, elas são nós."

Selecionei minhas fotos favoritas. No site você pode ler a história inteira e ver todas as fotos do registro de Angelo. 
"Ame cada pedaço das pessoas em sua vida." - Jennifer Merendino

Delineador: qual comprar?

Delineador, nome que dá medo pra muita mulherada, que passam longe, acham lindo, mas não se arriscam porque o bichinho é muito "difícil de acertar", e realmente? É verdade.

Em diversos aspectos, desde na hora de comprar até na hora de aplicar e acertar o bendito do traço que implica e sair diferente toda vez que você resolve usar... Pensando nisso, pensei em trazer os quatro tipos de delineador mais famosos pra vocês nesse post, e falar sobre cada um deles, prós e contras, para que vocês saibam exatamente qual modelo escolher na hora da compra!

Esses são os delineadores que usei para fazer esse post:
Delineador em gel O Boticário - Ultrablack, líquido Avon Extra Lasting - preto, caneta Océane Femme - preto e em lápis Avon Kohl Eye liner - preto. Ou seja, eu montei esse post em cima desses delineadores, nessas respectivas marcas/linhas, portanto pode haver outras marcas com linhas melhores, mas são essas que eu uso, essas que vocês vêem nos vídeos etc. 

Para começar a comparação, eu fiz uma tabela com as principais características que você deve levar em consideração na hora de comprar seu delineador:
duração/aplicação: 5+ como mais alto e 1+ como mais baixo

Começando pela cor, todos esses delineadores possuem ótima pigmentação na cor, e são muuuuito pretos, o líquido e em caneta tem acabamento com mais brilho, enquanto em gel e lápis tem acabamento matte.

Duração: o líquido dura bastante tempo, é ótimo para maquiagens mais trabalhadas porque não borra e nem fica mais fraco pela sombra que está em baixo. Em gel dura bastante também, mas é melhor usar ele sozinho, ou com pouca sombra embaixo para que a duração seja melhor. Em lápis é o que menos dura por motivos óbvios, se você esbarra a mão ele sai, então é mais aconselhável para o dia a dia. Em caneta, pelo menos o da Océane dura hooooras, eu fiz um post falando de alguns produtos de make da marca e falei que o delineador dura eternamente, pode esfregar a vontade que ele só sai com demaquilante! 

Preço: nessa tabela eu coloquei o preço aproximado dos delineadores das respectivas marcas que usei para fazer a comparação nesse post, não é um preço geral do mercado.

Aplicação: para muitas pessoas o líquido é o mais difícil, e ele pode até ser até você pegar o jeito, esse da avon desliza super fácil, é bem líquido então se não tiver pulso firme ele borra muito fácil, mas se fizer com jeitinho a aplicação é super tranquila. Em gel eu achava fácil no começo com o pincel que já vem no produto, mas com o passar do tempo começou a ficar mais difícil e acabei comprando um pincel próprio para delineador e agora, é provavelmente o mais fácil de aplicar. Em lápis também é bem fácil, especialmente esse da avon que desliza muito bem, deixando a aplicação bem mais fácil e o traço mais preciso. Em caneta na minha opinião é o mais difícil, por mais que ela tenha a ponta fininha para fazer o famoso puxadinho eu acho bem complicado, especialmente quando tem sombra embaixo...
Com flash/sem flash. Da esquerda pra direita: gel, líquido, caneta e lápis.
Então Jaque, qual é o melhor?
Depende do que você procura, eu especifiquei da forma mais clara possível pra quê cada um desses delineadores é melhor então depende muito do que você procura em um delineador.

Tá começando a se aventurar no delineado agora? Gel.

Quer usar no dia a dia? Lápis.

Precisa que dure o dia inteirinho sem se preocupar se borrou ou saiu? Caneta.

Quer um que seja bom para todas as ocasiões? Líquido.
Resumindo os melhores são em gel e líquido, servem para qualquer ocasião, duram bastante, a cor é ótima e o preço cabe no bolso tranquilo! Espero ter ajudado vocês na escolha do seu delineador, qualquer dúvida, deixa um comentário que eu respondo! E vale sempre lembrar que: você só vai aprender a fazer um delineado bonito treinando!

Boys: tricô.

Estava com saudades de fazer post pra essa tag! E agora que esfriou bastante, eu estava pensando sobre o que está na moda outono/inverno tanto para eles, quanto para elas e  instantaneamente pensei em tricô! Essa dica é bem legal porque tricô por ser "roupa de vô" é fácil de encontrar, especialmente em brechós por um preço bem camarada.

Tricô em que tipo de roupa? Em todas as que você puder imaginar; cardigãs, suéteres, coletes, moletons, etc. Para os mais clássicos peças lisas. Para os mais modernos tem diversas estampas pra escolher, listras, desenhos de inverno, aztec, etc.

Como usar?
É super fácil, vai com basicamente qualquer roupa, porque tricô é uma peça óbvia de inverno no vestuário masculino, e o que não faltam são opções na hora de compor o look. 

Inspire-se!

Impossível se sentar sozinho.

Quando você passa numa praça, ou parque, normalmente os tão disputados bancos já estão ocupados, por amigos, famílias, namorados, e ás vezes por pessoas que estão sozinhas. Independente do que elas estejam fazendo, eu particularmente acho incomodo me sentar junto a elas porque eu seria o incômodo delas. E é por causa desse pensamento bobo que muita gente acaba fazendo isso mesmo. Já parou pra pensar quantas pessoas deixou de conhecer, quantas conversas interessantes deixou de ter por isso?

E foi pensando nisso, que a Fisherman's Friend criou o Banco da Amizade, onde não é possível se sentar sozinho:


A Coca-Cola também fez sua versão:

O banco é uma espécie de gangorra, e a ideia é fazer as pessoas se "ajudarem", se conhecerem, rirem. Legal né?

Depois de ver esses vídeos eu tive uma ideia e resolvi criar uma nova tag no blog onde vou  indicar livros e filmes, essa tag vai substituir a "estilo". Motivo: posts de estilo demoram demais para serem feitos, para editar as fotos, achar as fotos etc, garanto que falar de livros vai ser mais interessante pra mim e pra vocês, porque é bem mais legal discutir sobre um livro bom, do que sobre a roupa de tal famosa. Aguardem!

DIY - shorts com bolso de laço!

Esse é o primeiro DIY (do it yourself) do blog! Fazia muito tempo que eu queria fazer tutoriais assim, mas não tinha quem gravar pra mim, agora eu tenho uma cameragirl(@amaranteisa) e vamos gravar vários vídeos assim pra vocês! :D

Parece difícil mas é ridículo de tão fácil! Vamos aprender?