Tempo

Às vezes é preciso de um tempo do próprio tempo - disse para si mesma, esgotada de negatividade e nostalgia acumulada causada por pessoas ruins, ela só precisava de um tempo. Um tempo para deixar a mente descansar, o cabelo crescer,  o machucado sarar, o vente bater, a rosa florescer, os pés encostarem o chão... um tempo para se permitir respirar. Porque ela sabia o quanto era ruim guardar coisas ruins dentro de si, mesmo não conseguindo fazer mal a um inseto que seja.. porém não era boba, só fazia de conta ás vezes, pois de que vale uma discussão com quem não tem argumentos?! É que as vezes, é melhor não falar nada, sabe? Acho que quem sabe o silêncio, para alguns seja a resposta. Fato é que ela aprendeu a separar o que vale e o que não vale a pena. Em plena primavera, época perfeita para limpar o coração e a alma. Época perfeita para esquecer o passado e viver o presente. Ninguém vive saudável de passado; essa era a lição que aprendera.

4 comentários:

  1. Adorei o texto,nada como esperar para passar o tempo mesmo,o tempo cura tudo, a primavera é época de esquecer tudo,amo essa estação *-* rs
    http://caahwolf.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. É tempo de viver novos horizontes.
    Me lembrei essa musica: É primaveraaa ti amouu rs

    Um Beijo
    http://minhaformadeexpressao.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi floor.
    Que lindeza em -'
    Beijoos bem grande.

    ^^

    ResponderExcluir
  4. Linda a foto e o layout!
    Mariana reis [meumundomeublgo.blogspot.com]

    ResponderExcluir