Continue

E foi assim que percebi que ainda há muito pela frente, venho criando forças para continuar, forças quais eu não sabia que existiam. Mas para conseguir não se pode olhar para trás. Eu não olhei para trás. Conforme o quebra-cabeça vai se completando, a cada peça um novo caminho, a cada caminho uma escolha, a cada escolha um preço a se pagar; este. Isso não é um jogo, não há vencedor e nem perdedor, mas há quem corra atrás, quem lute. Aprendi em meio a tanto medo que não se devem levar coisas ruins daqui. No dia do adeus deve-se levar consigo as coisas boas, as ruins se transformam em aprendizado e de alguma maneira, transformadas em palavras mais confortantes como; passado. E esse é o motivo porque não se deve olhar para trás. Continue. No fim os suspiros se tornaram mais mansos, e a partida mais uma fase vencida.

2 comentários:

  1. lindo lindo!

    ^^

    bjs,


    http://todamocinha.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Lindoo o texto, coloquei no meu blog e te divulguei tá ! Coloquei vocce na minha lista de blogs favoritos !!


    Beeijos *-*
    http://thaboni.blogspot.com/

    ResponderExcluir