Decepção

Entreguei tanto, acreditei e esperei tanto de ti, que no fim recebi nada mais que decepções. Acho que a partir do momento que criei expectativas, me sujeitei a me machucar. Não é uma coisa que pensei, ou escolhi. Confesso que a dor não é tão forte, e nem tampouco fraca, mas ela não passa, e isso me incomoda, ver que isso permanece em mim como as esperanças que tinha permaneciam não só no que chamam de coração mais como na minha pele, estava ali, presente, visível. Estou tentando caminhar junto ao tempo, mas, acho que ele não está caminhando comigo, tudo tem se tornado diferente, quer dizer, nada mudou, mas nada está da mesma maneira que era antes. Vai ver de tudo isso eu tirei algum proveito, talvez agora, eu espere mais de mim, e não de outras pessoas; vai ver agora eu me dedique apenas quando tiver certeza, quando você tiver essa mesma certeza. E quem sabe assim, as coisas se encaixem de uma vez por todas.

Um comentário:

  1. Anônimo14.8.10

    me tocou, me fez pensar, fatos comuns, mas que fazem toda diferença!
    Lindoo, *--*

    ResponderExcluir